Sábado, 23 de Abril de 2005

João Paulo II

João Paulo II, o sucessor de Pedro, nasceu, no dia 18 de Maio de 1920, em Wadowice, pequena localidade do sul da Polónia. Recebeu pelo Baptismo, o nome de Karol Wojtyla. Era filho de Karol Wojtyla, um militar, e de Emília Kaczorowsky, natural da Lituânia.

Envolto num manto de solidão, dor, tristeza e luto, Karol viu, cedo ainda, com as idades de nove e 12 anos, morrer sucessivamente a mãe e o irmão Edmund de 26 anos de idade. Seu pai faleceu em 1941.

Wojtyla estudou, em 1938, poesia e drama, na Universidade Jagieloniana. Escondeu-se numa mina em Zakrzowek, durante a II Guerra Mundial. Trabalhou na fábrica Solvay. Iniciou, na clandestinidade, o curso de seminarista, apoiado pelo Cardeal de Cracóvia. Foi ordenado Sacer¬dote em 1946. Completou um curso universitário no Instituto Angelicum de Roma. Foi professor de ética na Universidade Católica de Lublin, onde se doutorou em Teologia. No dia 23 de Setembro de 1958, foi nomeado Bispo Auxiliar do administrador apostólico de Cracóvia, D. Baziak, sendo assim o membro mais jovem do episcopado polaco. Participou activamente no Concílio Vaticano II. Ocupou, pelo falecimento de D. Baziak, no ano de 1964, o lugar de admi¬nistrador apostólico de Cracóvia, que é elevada pelo Papa Paulo VI, à categoria de arquidiocese. Integrou na qualidade de Arcebispo, leigos nas tarefas pastorais. Promoveu o apostolado juvenil e vocacional. Construiu templos em plena vigência do regime comunista. Desenvolveu a forma¬ção humana e religiosa dos operários. Representou a Polónia em cinco sínodos internacionais de Bispos. Foi aos 47 anos de idade ordenado Cardeal pelo Papa Paulo VI.

Pela morte do Papa João Paulo I, o Cardeal Karol Wojtyla foi eleito Papa no dia 15 de Outubro de 1978.

João Paulo II, durante o seu pontificado de 26 anos, imprimiu à Igreja Católica um dina-mismo marcante, conseguindo uma identidade grande para a nossa Igreja. Pediu perdão a todo o mundo sobre os erros cometidos pela Igreja Católica. Advogou e promoveu o diálogo entre reli-giões e confissões, na procura da paz e de um mundo mais justo, fraterno e humano. Ajudou a acelerar a queda dos regime comunista e lutou contra o capitalismo selvagem oci¬dental. Apelou aos países ricos para a ajuda ao Terceiro Mundo, nos domínios técnico, tecnoló¬gico e financeiro, afim de reduzir a miséria, a fome, a doença e o subdesenvolvimento. Defendeu a “Grande Euro-pa” do Atlântico aos Urais, dividida pelo Tratado de Ialta em dois blocos ideoló¬gicos e geopolíti-cos. Afirmou que, nesta Grande Europa podem coexistir as religiões crist㠖 ocidental e eslavo – ortodoxo. Finalmente aos 83 anos de idade, desenvolveu uma campanha contra a guerra no Ira-que com sucessivos apelos à paz.

Marcado pela dor e tristeza familiares, pela austeridade e sacrifício de uma vida dura e rigorosa, o Papa da Paz e do Diálogo morreu no dia 2 Abril, no Vaticano. Aqui os SINOS DOBRARAM A FINADOS.

Que, no Além, descanse em Paz! A Bíblia afirma que Jesus disse: «Eu sou a ressurreição e a vida. Quem acredita em Mim, mesmo que morra, vi¬verá. JO 11,25. Por isso, a RESSUREIÇÃO tam¬bém terá lugar em João Paulo II
publicado por matos_s às 18:39
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. OS SINOS DOBRARAM A FINAD...

. Mouriscas - Festas em Hon...

. INCÊNDIO EM MOURISCAS - 2...

. LEGISLAÇÂO SOBRE A PLANTA...

. FESTAS DE S. SEBASTIÃO 20...

. A Festa de S. Simão

. Saneamento em Mouriscas

. IN MEMORIA - Pe. João M...

. As Festas de S. Sebastião

. A CAPELA DE NOSSA SENHORA...

.arquivos

. Novembro 2008

. Março 2008

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Julho 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds